img_4009
Esse sistema (mais me parece um processo) foca nas tarefas que você deseja fazer primeiro, tanto quanto tornará você mais disposto a fazer as que você gosta mais rápido e com menos procrastinação. Uma vez que você fica entediado com uma tarefa, faça outra que você se anima mais. Esse processo cria menos stress, aumenta a produtividade e força você a focar naquilo que é mais importante. Autofocus, foi inventado por Mark Forster, um especialista e autor com várias publicações no campo da produtividade.

O Processo:

PUBLICIDADE

1. Escreva sua lista de tarefas em uma folha de papel pautada;
2. Leia todos os itens da página sem fazer qualquer ação ainda;
3. Mais devagar, passe pela lista novamente. Visualize cada item da lista até que um se destaque;
4. Trabalhe naquele item que se destacou para você, tanto tempo quanto você ache suficiente;
5. Risque o item se você completou a tarefa, ou caso não tenha completado, repita ele no fim da sua lista;
6. Continue por esse processo. Não mova para a próxima página até que na atual não tenham mais itens que se destaquem;
7. Vá até a próxima página e repita o processo;
8. Se você passar por uma página e não houver mais itens que se destaquem nela, dispense todos os demais itens. Use um marca texto para essa tarefa;
9. Uma vez que você chegar até a última página, reinicie desde a primeira página que tenha ainda algum item ativo.

Essa sistemática serve principalmente para pessoas que procrastinam em projetos. Levará as pessoas motivadas a trabalharem primeiro nos projetos que mais lhe interessam. Aquelas pessoas dispersas também podem gostar dessa sistemática pois mantém todas as coisas a serem feitas em um local só. Como não requer nenhum material especial ou habilidades, qualquer pessoas pode fazer uma tentativa.

Minha avaliação pessoal é que se você não tem nenhum sistema, usar um como o Autofocus é o que chama-se de “baby steps” no caminho da busca por melhorar seu desempenho. Mas não é uma metodologia robusta para viver usando apenas ele, há um risco real de acabar não fazendo as tarefas que não são tão divertidas ou estimulantes e sabemos que para avançar na vida, você precisa lidar com essas tarefas também.

Um abraço focado

Fernando Sobrinho

Não fique aí quietinho, se quiser dar um pitaco, esse espaço aqui é seu!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.